10 felicidades que só quem adotou um cachorro poderia viver

1. Receber todos os dias um olhar agradecido como este.

Receber todos os dias um olhar agradecido como este.

É como se ele dissesse sempre “valeu por me resgatar da rua, você é fera”.

2. Sentir um quentinho no coração quando ele brinca por horas.

Sentir um quentinho no coração quando ele brinca por horas.

Coisa que ele não podia fazer quando estava abandonado.

3. Acordar todos os dias por um pilantra como este, pedindo para passear.

Acordar todos os dias por um pilantra como este, pedindo para passear.

Ir para a rua agora é só se for para dar um rolezinho e voltar.

4. Ver ele perder o medo de outros bichos e fazer novos amigos.

Ver ele perder o medo de outros bichos e fazer novos amigos.

5. Olhar para a carinha dele quando ele se esconde em um lugar quentinho.

Olhar para a carinha dele quando ele se esconde em um lugar quentinho.

6. Rir com as safadezas que agora ele tem tempo para fazer.

Rir com as safadezas que agora ele tem tempo para fazer.

Sempre inventando novas formas de praticar a preguiça.

7. Ter o coração derretido toda vez que você faz um carinho nele.

Ter o coração derretido toda vez que você faz um carinho nele.

Doçura proporcional ao tempo que ele ficou na rua ou em um abrigo.

8. Ficar aliviado quando lembra que ele não passa mais fome e não passará nunca mais.

Ficar aliviado quando lembra que ele não passa mais fome e não passará nunca mais.

9. Saber que a maior preocupação dele é encontrar um lugarzinho para tomar Sol.

Saber que a maior preocupação dele é encontrar um lugarzinho para tomar Sol.

Nada mais de passar o dia procurando comida ou passando perrengue.

10. Perceber que ele se está muito melhor agora com você, apesar de todas as dificuldades.

Perceber que ele se está muito melhor agora com você, apesar de todas as dificuldades.

Que nem o Robinho, que foi jogado no lixo por ser deficiente e hoje tem uma cadeirinha de rodas e uma família que o ama.